Que bom ver voce por aqui! Deus o abençoe.

"O Senhor teu Deus esta no meio de ti,"

Que conforto maravilhoso saber que Deus esta em nosso meio.
Foi o que Cristo ensinou ao seus discipulos na narrativa de Mateus 8. 23 - 27.
Se os discipulos realmente vivessem a fé, não se intimidariam com a tempestade
que surrava o barco; a presença de Cristo, mesmo dormindo seria o bastante para
encorajar os corações daqueles homens.

Postagens Recentes

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

"

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

sábado, 11 de janeiro de 2014

Participe desta obra!


PREDESTINAÇÃO


"Na sua onisciência, Deus predestinaria um número exato de pessoas para ser condenado e outro para descansar eterna • mente? Teria cada homem seu destino traçado?"
Acreditamos que Deus, na sua onisciência, por meio de leis científicas e matemáticas, sabe quantos vão vencer a batalha da fé e terminar triunfantes na eterna glória, porém, isso nada tem a ver com a predestinação fatalista: Jo 17.5.
No que tange à predestinação, ela se baseia, em essência, no "conhecimento anterior" de Deus, no sentido de que o seu "amor eterno" e preocupação e interesse pelos crentes é que está em foco. Aqueles sobre quem fixou seu coração de antemão, portanto, são aqueles que se tornaram o alvo de seu decreto determinador.
Esse decreto determinador não é um mero pronunciamento judicial, mas é, sem dúvida, acompanhado por um poder orientador e criador, através do Espírito Santo, que garante o cumprimento do propósito de Deus.
O grande alvo da predestinação é a chamada dos crentes dentro do tempo, e o resultado de ambas as coisas é a transformação do crente segundo a imagem de Cristo, tanto moral (no que tange à participação do crente na própria santidade de Deus, tal como Cristo dela participa), como metafísica (no que convence a natureza essencial de Cristo).
Não existe, portanto, predestinação para a condenação. Por exemplo: O caso do endurecimento do coração de Faraó, por dez vezes consecutivas, a Bíblia diz que ele mesmo se endureceu contra a ordem de Deus (Êx 7.13; 8.15,19,32; 9.7,34,35; 13.15;
14.22), e dez vezes lemos que Deus o endureceu: Êx 4.21; 7.3; 9.12; 10.20,27; 11.10; 14.4,8,17.
Theodoret assim explica o caso: "O sol, pelo seu calor, torna a cera mole e o barro duro, endurecendo um, amolecendo outro, produzindo pela mesma ação resultados contrários. Assim a longanimidade de Deus faz bem a alguns e mal a outros; alguns são amolecidos e outros endurecidos". Contudo, cremos que esse amolecimento ou esse endurecimento vêm daquilo que o homem apresenta a Deus: um coração contrito, ou orgulhoso.
Deus não endurece o coração de um indivíduo, necessariamente com uma intervenção sobrenatural; o endurecimento pode ser produzido pelas experiências normais da vida, operando através dos princípios e do caráter da natureza humana, que são determinados por Ele. Esta verdade é profundamente hebraica. Um exemplo semelhante desta forma hebraica de pensamento encontra-se em Marcos 4.12, onde Jesus apresenta sua razão para ensinar a verdade sob a forma de parábola. -
Em outras palavras, apesar de a Bíblia declarar que Deus predestina para a vida, para a transformação segundo a imagem de Cristo e para a santidade, isso não quer dizer
que Ele predestine algumas pessoas para a condenação conforme os teólogos calvinistas mais radicais têm imaginado. Deus predestina segundo a sua presciência: 1 Pe 1.2.
As Escrituras denominam tão-somente os crentes de eleitos, chamados, escolhidos e predestinados, mas sempre relacionados com a sua posição em Cristo, como as varas na videira. "Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo", 2 Co 5.17; "Todo aquele que crer em Jesus, e pela fé permanece nele tem a vida eterna e não entrará em condenação", Jo 15; Rm 8.28-30.
O fatalismo e a predestinação absoluta nunca fizeram parte da doutrina e a tradição apostólica, e são comuns às seitas heréticas que se consideram favoritas da divindade e responsáveis pelo desinteresse, frustração e miséria de muitos indivíduos, povos e igrejas.
Analisando a idéia do destino na linguagem popular, vemos que significa uma forma sobrenatural, indomável e irresistível, da qual não podemos fugir e que limita a nossa liberdade e vontade.
Por ser uma maneira muito cômoda de pensar e de agir, é ela perfilhada por várias religiões e filosofias (fatalismo) e até por confissões religiosas (predestinação absoluta), mas sem base no ensino das Sagradas Escrituras.
Desde épocas imemoriais o homem tem tido o hábito de acumular na lembrança, através da sua agitada existência, pequenos fracassos, desventuras e fatalidades, e com elas construiu um monstro a que deu o nome de "destino", que compreende como uma determinação imutável, esquecendo as inúmeras bênçãos, vantagens e vitórias alcançadas sobre a adversidade.
Sendo o destino o fim para que tende qualquer ação, o lugar a que se dirige a pessoa ou objetivo em causa, está ele sujeito às leis espirituais e materiais que regem o universo.
Assim, a vida é composta de bons e maus sucessos, em conformidade com o tempo, o local, o ambiente, a experiência e a atitude do indivíduo em relação a esses elementos. Cada homem tem, pois, que procurar, na prática de uma boa consciência, o
caminho da verdade e do dever, sejam quais forem as conseqüências da sua determinação.
Está escrito na Bíblia que só Deus é realmente bom, não pode ser melhor do que é visto ser a personificação do Amor: Lc 18.19; 1 Jo 4.8. Como pessoa livre, perfeita e justa, criou o homem à sua imagem e tornou-se o alvo de toda a dedicação: Gn 1.26,27;
SI 8. Como podia Deus fazer acepção dentre as suas criaturas e determinar-lhes destinos diferentes, senão aqueles que eles próprios como seres livres e feitos a semelhança da mesma divindade, desejarem de "motu próprio" trilhar? Rm 2.11-16; 10.12-17.
Deus não apenas seria imperfeito, mas também a encarnação da matéria e maldade, se nos induzisse a acreditar no Evangelho para nossa salvação, quando afinal já determinara que nos havíamos de perder ou salvar.
Portanto, nenhum homem, grupo ou organização tem privilégios diante de Deus, a não ser aquele que aceita Jesus como Salvador. Porque Deus não faz acepção de pessoas, e muito menos predetermina, para certos grupos, um juízo, um destino cruel na
eternidade. Sobre o assunto a Bíblia diz: "Vivo eu, diz o Senhor Jeová, que não tenho prazer na morte do ímpio mas em que o ímpio se converta do seu caminho, e viva: convertei-vos, convertei-vos dos vossos maus caminhos; pois por que razão morrereis?"
Ez 33.11a; "Porque eu bem sei os pensamentos que penso de vós, diz o Senhor; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais", Jr 29.11.


Fonte: A Bíblia Responde - Edições CPAD

sábado, 4 de janeiro de 2014

Qual é o seu sonho a realizar em 2014?


Ter sua casa própria? Comprar um terreno? Construir? Ter um carro ou uma moto? Abrir um negócio próprio? Estudar?  Entrar na faculdade? Pagar as dívidas? Ter o nome limpo na praça? Conseguir um novo emprego? Se casar? Ter um filho? Fazer uma viagem?
O que você tem como meta e objetivos a serem alcançados neste ano que se inicia?

Saiba que todos os seus sonhos serão realizados se você buscar a Jesus de coração e colocá-lo como seu ajudador, seu auxílio!


Orarás a ele, e ele te ouvirá, e pagarás os teus votos.
Determinarás tu algum negócio, e ser-te-á firme, e a luz brilhará em teus caminhos. 
Jó 22:27-28

A obra de Deus em nossas vidas



Introdução: Chegou a hora de exercermos a obra de Deus, sobre a

face desta terra. Este estudo é para que nós venhamos a olhar para 

Dentro de nós e fazermos uma auto análise,para detectarmos como
Estamos exercendo a obra de Deus em nossas vidas.
Muitas das vezes preferimos olhar para os outros, do que
para nós mesmo. (Mt. 7:3,4,5)





Tópico 1: o que é a obra de Deus?



No dicionário globo, obra significa : efeito, resultado de 

Um trabalho; trabalho manual.
Na bíblia significa: ato, feito, trabalho. O termo obra de 
Deus significa uma atividade que pertence a Deus, a qual ele
Nos concedeu para que exercessemos.
Deus colocou dons e talentos em nossas vidas, para sermos 
Útil na casa dele, e sermos sal e luz desta terra.(mt. 5:13-16).




Tópico 2: qual é a pessoa que tem que fazer a 

a obra de Deus?



Com base em Mc. 16:15, vemos que todos que são verdadeiros 

Discípulos tem que fazer a obra de Deus.
Deus poderia muito bem, fazer tudo sozinho, ou então mandar 
Os anjos dele para realizar a sua obra, mas não, Ele preferiu contar 
Com nós; seres humanos imperfeitos, somos considerados criaturas 
Privilegiadas por Deus.




Tópico 3 : por que devo fazer a obra de Deus?



3.a- Porque é um mandamento de Deus (Mc.16:15, Mt. 29:19), o 

Próprio nosso Senhor Jesus Cristo esta mandando ir fazer.




3.b- Porque seremos julgados pelas nossas obras a qual nós realizaremos, sobre a face desta terra,(estas obras não podem ser comparadas com as obras da lei). E sim como nós servimos a Deus Aqui na terra. 
(Ap. 20:11, 12,13).




3.c- Porque Jesus fez a maior obra já realizada na face desta 

terra por nossas vidas. Em João 3:16 explica como é o amor de Deus 
pelas as nossas vidas. Com o que nós poderíamos comparar o amor 
De Deus por nós.(Fp. 2:30) 




Tópico 4 : Como nós devemos estar para fazer 

a obra de Deus 




4.a – temos que estar firmados em Jesus (jo. 15:4). 
Somente poderemos exercer o chamado do Senhor Jesus, se nós estivermos 

agarradinhos com ele.
Temos que ter verdadeiramente a Vida de Jesus em nós como 
diz em: (2co. 5:17).
Temos que ter a certeza da nossa salvação em Cristo, se não 
como poderemos falar ou pregar Jesus se não temos o conhecimento 
d’Ele e não temos a certeza da nossa salvação.





4.b – Temos que fazer com amor (1Co. 16:14). Precisamos encher

os nossos corações de amor pela obra de Deus. E também sem 
murmuração (fp. 2:14)




4.c – Com humildade e sem querer disputar com ninguém (Fp.2:3)

não podemos fazer as coisas de Deus para servir de disputa com 
meu irmão. Temos que ser humildes, pois a soberba é um dos 
maiores pecados, a qual tem derrubado muitos homens e mulheres
de Deus.(pv. 16:18;tg. 4:6)




4. D – Precisamos também valorizar a Palavra de Deus em nossas 

vidas. Saber usar, manejar bem a Palavra de Deus é primordial 
para nós (2tm. 2:15). Somente com uma vida diária de leitura da 
Palavra poderemos manejar bem a Palavra do Senhor. 
Temos que nos preocupar mais com a Palavra de Deus em nossas 
Vidas, pois não são poucas as seitas que temos ao nosso redor.





4. E – buscar a santificação é outra coisa de suma importância 

em nossas vidas,sermos separados de todo o tipo de maldade.
ter uma vida exemplar diante de Deus e diante dos homens, pois 
só assim darão credito a nossas palavras. Precisamos de pregar 
aquilo que vivemos. E temos que saber de uma outra coisa; um
gesto vale mais que mil palavras. (sl. 119:11;hb. 12:14)




4. F – Saber nós consagrar também é necessário para fazermos 

a obra de Deus bem. Ter uma vida de jejum e oração é muito impor-
tante para nossas vidas. (Mt. 17:21; Ef. 6:18;1pe. 4:7; Ne. 1:4; Mt. 6:16)




4. G – Para executarmos todas estas coisas ai em cima, nós sabemos 

que por nós mesmos é difícil, então temos que ter as nossas vidas 
cheias do Espírito Santo de Deus (Ef.5:18).
Temos que ser guiados pelo Espírito Santo(Rm. 8:14), é Ele que intercede por nós junto ao Pai celestial(rm.8:26).
é por meio do Espírito Santo que Deus revela tudo aquilo que
Ele tem para nós(1co.2:10).



Quando nós recebemos o Espírito Santo, recebemos também o seu 

poder, virtude, unção, capacitação e assim podemos testemunhar 
a nossa fé em Jesus e exercer o chamado de Deus para nós (at.1:8).



* Nós possuímos uma unção em nossas vidas - 1Jo. 2:20, somente 

temos que tomar posse dela em nós.



*A unção nos faz entender a Palavra da verdade (1jo. 2:27)



*A unção nos tira o jugo, o fardo , o cansaço das nossas vidas 

(Is. 10:27)




Conclusão : sabemos que temos que realizar a obra do 

Senhor, mas para isso temos que buscar o avivamento do Senhor 
Jesus sobre as nossas vidas, este avivamento é um despertamento 
espiritual para nós. Hc 3:2




Autor: Espírito Santo de Deus 

Fazendo a nossa parte

Comente!

Veja os melhores videos gospel!

Loading...

Seguidores

Lembre-se sempre disto:

" O Deus Eterno sempre cumpre o que promete; ele é amoroso em tudo o que faz" ( Salmo 145.13b )

Follow by Email

Radio Missões Ide Semear